Arquivo

Archive for março \03\UTC 2010

WiMAX sai na frente na briga pelo 4G

Depois da primeira inauguração das redes móveis 4G Long Term Evolution (LTE) em dezembro de 2009 pela operadora TeliaSonera, nas cidades de Estocolmo (Suécia) e Oslo (Noruega), mais lançamentos comerciais dessa tecnologia surgirão este ano. No entanto, a tecnologia WiMAX continua a ganhar mais espaço, destaca a empresa de pesquisas ABI Research.

A lista das empresas comprometidas com a tecnologia LTE inclui grandes operadoras como a Verizon Wireless, dos Estados Unidos, e a NTT DoCoMo, do Japão. Por enquanto, os serviços das companhias deverão limitar-se a serviços de dados, por causa de questões como padrões de voz, que ainda estão em desenvolvimento, e da compatibilidade dos aparelhos.

Mas, ao mesmo tempo que a LTE começa a entrar no mercado, o formato WiMAX continua ganhando espaço.

O analista da ABI Research, Bhavya Khanna, argumenta que “a LTE promete velocidades de dados maiores do que 50 Mbps, esse valor ainda não foi alcançado em testes da rede, enquanto o WiMAX já é um padrão testado”.

Algumas operadoras, incluindo a norte-americana Sprint, escolheram o WiMAX como base para a rede 4G. Segundo a ABI, existem 164 redes móveis WiMAX em operações de testes ou comerciais e apenas 100 redes LTE em fase de testes.

Além disso, o número de contratações de redes WiMAX registrados pela ABI Research foi 242, enquanto os de LTE chegaram a 38.

Fonte: Idgnow

Categorias:Sem categoria

Conheça a Famosa Rede que poderá ser usada no Plano Nacional de Banda Larga

O Brasil tem uma rede de fibra ótica ociosa com mais de 16 mil quilômetros de extensão, que poderá ser reativada em breve como parte do Plano Nacional de Banda Larga. Disso você já sabia. Mas onde está toda essa rede?

O backbone ótico da Eletronet conecta grandes capitais brasileiras, ligando extremos como Fortaleza a Porto Alegre, e cobre as regiões Nordeste, Sul e Sudeste, além dos Estados de Tocantins e Goiás.

A história por trás dessa rede você já conhece: ela foi construída pela empresa Eletronet, que decretou falência há anos — por isso a rede foi embargada pela Justiça e permanece inutilizada até hoje. Mas, no começo deste ano, a Justiça autorizou o governo federal a utilizar esses 16.000 km de fibra ótica para serviços de banda larga e inclusão digital.

A ideia do governo, segundo a Info, é juntar a rede da Eletronet com mais 5.000 km de fibra ótica utilizados por estatais como a Petrobras. E esses 21.000 km de rede devem receber investimentos públicos para fornecer banda larga a cidades fora do trajeto da fibra ótica, utilizando redes sem fio.

Categorias:Sem categoria

Intel lança os novos Atom N470 e Core i7 930

A Intel lançou a sua primeira atualização para a plataforma Pine Trail, o Atom N470. Este oferece aos dispositivos da categoria “netbook” frequência de 1.83 GHz, sem afetar a tradição da grande autonomia dos Pine Trail, consumindo somente 5.5 Watts de energia. Este novo chip possui os mesmos 512 KB de cache L2 e suporte a memória DDR2 que o modelo anterior.

Ao longo dos próximos meses o Atom N470 aparecerá em novos modelos de netbooks, chegando primeiramente em computadores ondem a vantagem da velocidade é mais importante. Os candidatos mais prováveis a atualizarem suas linhas são ASUS, Acer e algumas outras do gênero, como a Sony que costuma oferecer os chips mais rápidos em modelos como o VAIO P e X.

Outra novidade é o processador Core i7 930, que já começou a ser vendido nas lojas do exterior. O chip “high-end”, quad-core e para o soquete LGA-1366 está listado em um lojista europeu a 254,82 Euros, 25 Euros a mais que o Core i7 920, na mesma loja.

O Core i7 930 é baseado no núcleo Bloomfield D0 de 45 nm, e opera a 2.8 GHz (133 MHz x 21), e com o Turbo Boost a frequência sobe para os 3.06 GHz (133 MHz x 23). Possui tecnologia HyperThreading e 256 KB de cache L2 por núcleo, e mais 8 MB de cache L3 compartilhado. A conexão QPI (QuickPath Interconnect) entre o processador e o chipset X58 opera a 4.8 GT/s.

Fonte: Guia do Hardware

Categorias:Sem categoria